Sumário

A “raça” é uma categoria proeminente na prática médica: os epidemiologistas descrevem o modo como as taxas de mortalidade variam segundo a “raça” e os médicos consideram-na para decidir que fármaco deve ser usado para tratar a hipertensão. Porém, críticos da classificação racial afirmam que a “raça” não é real, mas uma ilusão desprovida de significado científico.

O meu projecto procura, através do desenvolvimento de novas estratégias e ferramentas em Filosofia da Biologia examinar as recentes dimensões sociais, éticas e políticas emergentes da investigação genética e biomédica relacionada com a “raça”. Partindo da exploração das controvérsias sobre a emergência da investigação biomédica ligada à “raça” e do debate em torno da sua construção conceptual (eliminativismo; construtivismo; naturalismo), sobretudo, o desafio à sua concepção biológica, o principal objectivo deste projecto é investigar: i) as construções e argumentos subordinados ao uso e abuso da “raça” na ciência: será que a “raça” é uma “realidade com validade empírica”, vantajosa para descrever a variação biológica humana ou um “folk-cultural concept”; ii) se a “raça” é uma categoria útil para descrever a variação biológica; iii) o impacto desta investigação no entendimento do conceito de “raça” e “identidade humana”; iv) de que forma uma reconstrução crítica do significado e utilidade das categorias raciais pode contribuir para saber se a sua utilização poderá resultar em benefício; v) as implicações epistemológicas, conceptuais e éticas da ciência genómica relacionada com a “raça”, incluindo os recentes estudos na procura de “marcadores genéticos” entre grupos, especialmente doenças relacionadas com a “raça” e os “genes” que podem ser baseados em mecanismos biológicos de inteligência.

 

My project seeks, through the development of new strategies and tools in philosophy of biology to examine the recent social, ethical and political dimensions emerging of biomedical and genetic research related to race. From the
exploration of the scientific controversies and conceptual constructions of race, especially the challenge to its biological design, the main objective of this project is to investigate: i) the constructions and arguments underlying the use and abuse of “race” in science; ii) which definition it tends: “reality with empirical validity” or folk-culture concept; iii) if the race is a useful category to describe human biological variation, and iv) the epistemological, conceptual, ethical and metaphysical implications of the science of genomics related to race, including the recent studies in the search for “genetic markers” between groups, especially diseases related to “race” and “genes” that can be based on biological mechanisms of intelligence.

2 thoughts on “Sumário

  1. Bianca diz:

    Oi eu gostaria de saber se vc não continuou a pesquisar esse assunto… se tem um blog ou email… pois estou realizando uma pesquisa para ver sobre a homogeneidade genética na espécie humana, e fiquei intrigada com tais estudos apresentados aqui. Fico grata com uma resposta se possível.

    • Sim, tenho continuado a fazer pesquisa sobre este assunto! O blog central destes estudos é memso este, embora já esteja desatualizado. Ultimamente as coisas são publicadas numa outra plataforma acadamia.edu (https://up-pt.academia.edu/JoanaInesPontes) que faz parte da academia. Mas, assim que tiver tempo vou disponibilizar aqui neste site informações e outras publicações sobre a polémica questão das raças e do seu uso em ciência.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: